A preocupação corre pelo mundo, prova disto são as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS), que pretendem reduzir, até 2025, a mortalidade cardíaca em 25%, já que atualmente morrem 17,5 milhões de pessoas ao ano em todo o planeta.

Embora o AVC não seja mais a com maior letalidade entre as doenças cardíacas - após liderar o ranking brasileiro por duas décadas, até 2011 - há um ininterrupto esforço de políticas de saúde no país, que estimula a rapidez no atendimento, qualitativo, nesses casos, já que é fundamental identificar os sintomas e oferecer socorro imediato para diminuir os riscos de morte e de sequelas.

Bem como há grande estímulo do Ministério da Saúde à uma equipe multidisciplinar como responsável pelo tratamento do paciente. O acompanhamento por profissionais em psicologia, terapia ocupacional, fonoaudiologia e fisioterapia são decisivos para a recuperação dos pacientes, já que 70% das vítimas ficam com sequelas quando não há um tratamento adequado.

Tipos e causas do AVC

Também conhecido como derrame cerebral e AVE (Acidente Vascular Encefálico), o AVC nada mais é que o entupimento ou o rompimento dos que levam sangue ao cérebro, provocando a paralisia da área comprometida. Há dois tipos de AVC: o isquêmico (tipo mais frequente) e o hemorrágico, equivalentes quanto aos riscos de morte ou sequelas e que só podem ser identificados com exames específicos, como ressonância ou tomografia.

AVC Isquêmico - Ocorre após o entupimento ou redução do fluxo do vaso cerebral, fazendo com que o sangue não circule de forma adequada e provocando uma isquemia na área comprometida, já que ela deixa de ser irrigada. Pode ser provocado pelo deslocamento de um coágulo de sangue formado em outra parte do corpo ou mesmo pelo surgimento de material viscoso e gorduroso nas paredes dos vasos.

AVC hemorrágico - Provocado pelo rompimento, espontâneo e não traumático, de um vaso sanguíneo, sendo ele intracerebral, ou seja, dentro do cérebro, ou a chamada hemorragia subaracnoidea, entre a superfície do cérebro e o crânio.

Deixe Seu Comentário