A cada dois minutos, um brasileiro morre por conta de doenças do coração. O alarmante dado de mais de 350 mil mortes ao ano, divulgado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) em 2015, aponta o infarto como principal causa de morte, seguido pelas vítimas de acidente vascular cerebral (AVC) e, na terceira posição, a insuficiência cardíaca.

A preocupação corre pelo mundo, prova disto são as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS), que pretendem reduzir, até 2025, a mortalidade cardíaca em 25%, já que atualmente morrem 17,5 milhões de pessoas ao ano em todo o planeta.

Embora o AVC não seja mais a com maior letalidade entre as doenças cardíacas - após liderar o ranking brasileiro por duas décadas, até 2011 - há um ininterrupto esforço de políticas de saúde no país, que estimula a rapidez no atendimento, qualitativo, nesses casos, já que é fundamental identificar os sintomas e oferecer socorro imediato para diminuir os riscos de morte e de sequelas.

Bem como há grande estímulo do Ministério da Saúde à uma equipe multidisciplinar como responsável pelo tratamento do paciente. O acompanhamento por profissionais em psicologia, terapia ocupacional, fonoaudiologia e fisioterapia são decisivos para a recuperação dos pacientes, já que 70% das vítimas ficam com sequelas quando não há um tratamento adequado.

Tipos e causas do AVC

Também conhecido como derrame cerebral e AVE (Acidente Vascular Encefálico), o AVC nada mais é que o entupimento ou o rompimento dos que levam sangue ao cérebro, provocando a paralisia da área comprometida. Há dois tipos de AVC: o isquêmico (tipo mais frequente) e o hemorrágico, equivalentes quanto aos riscos de morte ou sequelas e que só podem ser identificados com exames específicos, como ressonância ou tomografia.

AVC Isquêmico - Ocorre após o entupimento ou redução do fluxo do vaso cerebral, fazendo com que o sangue não circule de forma adequada e provocando uma isquemia na área comprometida, já que ela deixa de ser irrigada. Pode ser provocado pelo deslocamento de um coágulo de sangue formado em outra parte do corpo ou mesmo pelo surgimento de material viscoso e gorduroso nas paredes dos vasos.

AVC hemorrágico - Provocado pelo rompimento, espontâneo e não traumático, de um vaso sanguíneo, sendo ele intracerebral, ou seja, dentro do cérebro, ou a chamada hemorragia subaracnoidea, entre a superfície do cérebro e o crânio.

Você pode agendar uma avaliação funcional com o CIRTA

Clique no botão ao lado e faça contato com nossa clínica

Equipe

O CIRTA dispõe dos melhores quadros técnicos para auxiliar na sua recuperação.
Entre os sócios estão renomados fisioterapeutas, aulixiados por profissionais multidisciplinares.

  • José Vicente Martins

  • Palmiro Torrieri

  • Jorge Moura

  • Daniel Rosa

José Vicente Martins
x

Prof. José Vicente Martins

Fisioterapeuta / CREFITO – 14149-F - Prof. de Fisioterapia da UFRJ

Pós-graduação em Neurologia da Motricidade/IBMR;

Mestrado em ciências com área de concentração em Neurologia/ UFRJ;

Doutorando em ciências com área de concentração em Neurologia/UFRJ;

Professor de Fisioterapia Neurológica da UFRJ;

Chefe do Setor de Fisioterapia e Membro do Comitê de Ética e Pesquisa do Instituto de Neurologia Deolindo Couto;

Pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Neurociências e Reabilitação do INDC;

Formação completa em PNF na Europa pela IPNFA (International PNF Association);

Curso de Formação nos Estados Unidos e Europa;

Instrutor Avançado de PNF reconhecido pela IPNFA;

Ministrante de cursos de PNF no Brasil e no Exterior.

Palmiro Torrieri
x

Prof. Palmiro Torrieri

Fisioterapeuta / CREFITO – 6919-F

Responsável pelo serviço de fisioterapia do Hospital Samaritano e Hospital Copa D’or;

Instrutor do método Mullingan;

Cursos de formação nos EUA e Europa.

Jorge Moura
x

Prof. Jorge Moura

Fisioterapeuta / CREFITO – 21694-F

Pós-graduação em Fisioterapia Neurológica;

Professor de cursos de pós-graduação de Hidroterapia da Universidade Castelo Branco e IBMR;

Professor auxiliar e membro da Associação Brasileira de Halliwick;

Avaliador de Instrutores do Conceito Halliwick pela International Halliwick Association (Inglaterra/Holanda);

Curso de Bad Ragaz (Inglaterra/EUA/Suíça);

Curso de Watsu (EUA);

Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (Conceito Kabat) pela International Proprioceptive Neuromuscular Facilitation Association (IPNFA);

Responsável pelo serviço de Hidrocinesioterapia do Centro Integrado de Reabilitação e Terapia Aquática (CIRTA);

Responsável pelo serviço de Hidrocinesioterapia do Centro de Terapia Aquática (CTA).

Ricardo Rodrigues
x

Daniel Rosa

Médico Ortopedista

Graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal Fluminense (UFF), foi residente em ortopedia e traumatologia no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) – UFRJ. Após a residência médica, fez sua especialização em cirurgia do joelho também no HUCFF – UFRJ.

Terminada a residência médica em 2005 e a especialização em cirurgia do joelho em 2006, inicia-se uma jornada de incontáveis horas de estudo, treino e aperfeiçoamento técnico.

Ainda em 2006 é aprovado em concurso público e assume uma vaga no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO). No início de 2009 sua matrícula é transferida para o Hospital Federal da Lagoa, no qual passa a integrar o grupo de cirurgia do joelho e torna- se um dos preceptores dos médicos residentes. No ano de 2014 sua carreira toma novos rumos e assume a chefia do serviço de ortopedia do Hospital Copa D`or. Nesse mesmo ano, devido ao acúmulo de responsabilidades, é forçado a deixar o serviço público e pede exoneração do seu cargo no Hospital Federal da Lagoa.

Em 2017, a convite do colega José Paulo Gabbi (Presidente da SBOT-RJ), passa a integrar a Comissão de Educação Continuada da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – Regional RJ. Ainda em 2017, a convite do amigo Vincenzo Giordano, assume a referência em Cirurgia do Joelho na Clínica São Vicente da Gávea.

Após vários anos atendendo e acompanhando atletas de alto rendimento, a pós- graduacão em nutrologia veio como um capítulo natural em sua história. A necessidade de acompanhar e melhorar o status nutricional de seus pacientes, foi o principal incentivo para essa imersão em novos conhecimentos.

Considerado hoje uma referência para ortopedia e cirurgia do joelho no estado do Rio de Janeiro, continua dividindo sua agenda entre a clínica privada e a Rede D`or São Luiz. Atua também como consultor em projetos de educação continuada e como editor de publicações voltadas à ortopedia e gestão em saúde.

Depoimentos

Patricia Gomes da Silva

Patricia Gomes da Silva

Excelência em fisioterapia. Fiz o Curso de reabilitação vestibular com o melhor prof. do país, Dr André Luís dos Santos Silva.

NatáliaSpá Portugal

NatáliaSpá Portugal

Curso com profissionais de primeira qualidade. Observei a abordagem de alguns profissionais aos seus pacientes, junto com a infraestrutura para o tratamento e gostei muito.

Karla Julia

Karla Julia

Me fez um bem enorme.Ainda me faz! Foi o meu porto seguro. Onde voltei a caminhar!Agradeço a toda a equipe. Professor Jorge, Alan Menezes e Renan.

Sabrina Guimarães Silva

Sabrina Guimarães Silva

Conheci o CIRTA ao fazer um curso de Fisioterapia Vestibular. Ótima infra estrutura e super organizado. Funcionários atenciosos e preocupados com a capacitação de toda a equipe. Me deparei tb com um curso de extrema qualidade.

Geraldine D. Zimbler Kuss

Geraldine D. Zimbler Kuss

Primeira vez que vejo um lugar onde todo equipe parece mesmo dedicado aos pacientes e a efetuar uma cura ou melhora no desempenho fisico. A Clinica tem tudo. Apos me acidentar:Tenho feito uma verdadeira romaria em procura de tratamento para restaurar a minha vida de aventureira "La Donne e Mobile"...

Gabriela Freitas

Gabriela Freitas

Excelente em tudo, estrutura, conforto, limpeza, educação dos funcionários, profissionais qualificados e muito atenciosos. Tudo alto padrão! Super indico!

Laura Oliveira

Laura Oliveira

Sem dúvida, o melhor! Ambiente agradável, tranquilo, moderno e profissionais excelentes!

Alberto Freitas

Alberto Freitas

Competência e profissionalismo. Equipe TOP.